Overtraining - Como saber se você está ultrapassando os limites?

 

 

O overtraining (ou supertreinamento) é descrito pela literatura como sendo um estado de fadiga associado a um mal-estar físico e psicológico, provocando baixo rendimento do indivíduo durante a prática de atividade física. Ocorre devido à um desequilíbrio entre o estresse provocado pelo treinamento e o período de recuperação, que normalmente é curto para um grande nível de exigência do organismo.

 

Segundo Alves, Costa e Samulski (2006), os sintomas do overtraining são: fadiga crônica, estagnação ou decréscimo no desempenho, infecções respiratórias e alterações no humor. Para controlar os sintomas é necessário reduzir o treinamento e ampliar o tempo de repouso entre as sessões, visando a completa recuperação física e mental do indivíduo. Veja abaixo a tabela com as principais alterações provocadas pelo overtraining:

 

 

Para atingir o melhor desempenho esportivo sem consequências maléficas para o organismo, a supervisão de um profissional de educação física é fundamental. A periodização do treinamento elaborada por um profissional possibilita minimizar os riscos de overtraining e atingir resultados ótimos com saúde e qualidade de vida.

 

Abaixo envio o link de uma matéria interessante sobre o overtraining, para o portal globo:

http://globoesporte.globo.com/eu-atleta/saude/guia/overtraining-e-seus-efeitos-cuidado-para-nao-exagerar-nos-treinamentos.html

 

Abraço!