10 alimentos que não devemos consumir após o treino

Após um treino exaustivo, é necessário repor os nutrientes que o corpo consome durante a atividade. Porém, devemos estar atentos ao que comemos. Uma matéria do globoesporte.com lista 10 alimentos que não devemos consumir após o treino:

1) Salgadinhos: de acordo com a intensidade, tempo de duração e tipo de treino, eliminamos uma quantidade de suor, onde através deste perdemos água e sais minerais, tais como sódio e potássio. Não devemos fazer a reposição de sódio através deste tipo de alimento (salgadinhos industrializados), pois eles contém alto valor calórico e grande concentração de sódio podendo provocar um desequilíbrio hídrico no organismo, além de nutrientes de má qualidade como gordura trans, conservantes e aromatizantes.

2) Refrigerantes: Os refrigerantes possuem na sua composição água gaseificada, corantes, acidulantes, aromatizantes, entre outros. Essas substâncias além de atrapalharem a digestão e causarem a sensação de inchaço, se ingeridas em grandes quantidades podem ser prejudiciais à saúde. Além disso, os refrigerantes também possuem uma grande quantidade de sódio.

3) Frituras: As frituras possuem alto valor calórico, grande concentração de gorduras saturadas e provocam uma dificuldade de digestão.  Não esqueça que na maioria das vezes o principal objetivo é a redução de gordura corporal, não o aumento.

4) Bolos e tortas: Apresentam grande concentração de carboidratos, porém não são carboidratos específicos para serem ingeridos após o treino. Além de possuírem grande concentração de gordura trans. A sensação de saciedade vai ser momentânea.

5) Barra de cereal: Atualmente grande parte das barras de cereais são acrescidas de guloseimas doces com quase nenhuma fibra . Além disso, a maior parte das barrinhas está mais sujeita a carregar excesso de açúcar, diminuindo o metabolismo e aumentando a produção de gordura. Evite as que contém chocolate, principalmente.

6) Bife de carne vermelha:  Apesar de ser uma ótima fonte de proteína para a construção muscular, este não é o melhor momento para consumir, já que um bife (de carne vermelha) necessita de muita energia para ser digerido e tem na sua composição também muita gordura, o que faz demorar a digestão. Prefira a proteína das carnes brancas.

7) Fibras: São carboidratos de digestão e absorção lentos, contudo no período de pós treino necessitamos de alimentos de rápida absorção.

8) Legumes: Durante o treino, seu corpo utiliza quase toda a sua energia e queima uma quantidade grande de calorias. Vegetais sozinhos em uma refeição pós treino não vão ajudar a recuperar a perda de nutrientes, vitaminas e minerais neste momento. A sua refeição pós-treino não deve consistir exclusivamente de legumes, pois você precisa de outros nutrientes como a proteína para ajudar no desenvolvimento muscular.

9) Açúcares: O açúcar causa uma queda no metabolismo, que desempenha um papel importante quando o objetivo é perda de peso.

10) Chocolate ao leite: As opções "menos piores" para o pós-treino são os chocolates meio amargo e o amargo, por apresentarem uma quantidade maior de cacau (porém ainda assim apresentam uma grande quantidade de gordura). Os chocolates com muita quantidade de leite acabam inibindo a ação dos flavonóides e os brancos não contêm a semente de cacau.

Além destes, acrescentaria à lista quaisquer outros alimentos gordurosos, como por exemplo os sorvetes de massa. Após o exercício o alimento que ingerimos tende a ser absorvido de maneira mais rápida, e, dessa forma, as gorduras ingeridas são estocadas mais facilmente.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!