Matéria da Veja: "A revolução dos músculos". Verdade?

Amigos, a reportagem de capa que saiu na veja do dia 14 de agosto de 2013 trata sobre exercícios rápidos que prometem excelentes benefícios. Não havia visto a revista até um professor da minha pós-graduação comentar (e descer a lenha) na matéria. Após ler, partilho da mesma opinião de professores e colegas da área.

Primeiramente, a revista comete um erro no destaque "por que o sino dobra": o autor afirma ocorrerem dois tipos diferentes de hipertrofia: a sarcoplasmática e a miofibrilar. Muita gente também acredita existir essa diferenciação, e há até algumas coisas na internet sobre maneiras de se conseguir mais uma do que a outra. Porém, o que se vê na prática, em diversos estudos, é que não ocorre mudança significante na proporção entre fibras e sarcoplasma. O volume aumenta, mas de maneira geral, mantendo equilibrada a relação entre sarcoplasma e as fibras musculares. Dessa maneira, a Veja erra ao afirmar que o Kettlebell promove aumento do volume sarcoplasmático em detrimento das fibras. Não há embasamento científico para provar o que a matéria diz. Ao meu ver parece mais algo para "vender" esse tipo de treino.

Segundo, que o Kettlebell, tratado como uma revolução no treinamento, não surgiu agora. Segundo meu professor, Dr. Valmor Tricoli, o peso do tipo "chaleira" existe há mais de dois séculos. Outro professor da área, Dr. Paulo Gentil, afirma que o Kettlebell surgiu na Rússia no século XVII. Portanto, não é uma inovação no treinamento. Os exercícios com o Kettlebell podem ser realizados também, em sua maioria, com os tradicionais halteres.

Terceiro: os exercícios intensos e de curta duração podem ser interessantes num princípio, principalmente para indivíduos que não têm muita experiência com musculação. Porém um dos princípios fundamentais para aumento da massa muscular é o volume de treinamento. E convenhamos que em poucos minutos não é possível ter um grande volume de séries e exercícios.

O treinamento com exercícios rápidos e intensos pode ser uma alternativa interessante para quem não possui muito tempo para a prática. Porém ele jamais substituirá um bom treino de musculação, elaborado de acordo com a especificidade e necessidades do praticante, e supervisionado por um professor capacitado.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!