A nova febre das academias: coxas de panicat

Estava lendo uma matéria sobre a nova "febre" nas academias, as coxas hipermusculosas no estilo "panicat". Muitas mulheres tem a pretensão de ter um corpo desse jeito a qualquer custo, e acabam exagerando na musculação, muitas vezes relatando sintomas de overtraining, ou utilizando-se de esteróides anabolizantes que podem trazer grandes prejuízos à saúde.

 

O ideal é começar aos poucos e gradualmente ir aumentando o estímulo muscular, à medida que o corpo vai se adaptando ao exercício. Incrementos de volume de treino ou de carga muito intensos podem gerar lesões musculares e articulares. O acompanhamento de um professor é fundamental para que haja progresso gradual e não ocorra nenhum prejuízo ao praticante.

 

Quanto às séries e exercícios, o ideal é sempre respeitar a proporção de 3 exercícios para a parte anterior da perna (quadríceps) para 2 exercícios da parte posterior da perna (isquiotibiais), de modo a manter um equilíbrio muscular e evitar as lesões. O número de séries e o tipo de exercícios variam de acordo com o tempo de prática, sendo fundamental começar com exercícios mais básicos e que estimulem o equilíbrio e a coordenação, para depois progredir para exercícios mais complexos como o stiff e o agachamento com barra, por exemplo.

 

Não se deve ter pressa em ganhar músculos. O progresso é gradual e varia de pessoa para pessoa, devido a diversos elementos, como sono e alimentação adequados, além da própria genética do indivíduo. Respeitar os limites do corpo é fundamental para evitar as lesões.

 

Abaixo envio o link da matéria que li:

http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/1239423-coxas-hipermusculosas-no-estilo-mulher-ra-sao-febre-em-academias.shtml

 

Abraço!